Dança Afro



As práticas em Dança Afro Brasileira tem sofrido inúmeras baixas. A falta de informação que chegue para um público mais amplo, a dificuldade em encontrar material histórico, o desinteresse das escolas e academias de dança, a ausência de recursos que fomentem a produção de novas obras são alguns dos motivos que podem explicar a dificuldade de difusão dessas práticas.

Um possível caminho talvez seja pensar na reformulação de um sistema de aulas e os resultados obtidos por ela. Assim, a oficina busca um dialogar com técnicas modernas e contemporâneas (Laban, Pilates, o Hip-hop entre outros), incorporando ferramentas sem que se percam os fundamentos da dança afro.

A didática busca evidenciar o contexto de "formação" dessa escola carioca, a contribuição dos Mestres, o fundamento trazidos pela pesquisa dos orixás e das danças folclóricas que a Dança Afro de Mercedes incorporou.

Informações